A ideia de juro

Atualizado: Fev 8

A ideia de juro

A Matemática Financeira define-se como “o estudo do valor do dinheiro ao longo do tempo”.

A você é feita a seguinte pergunta:

“Você prefere receber R$ 100,00 hoje ou R$ 100,00 amanhã?”

Naturalmente, você responderá que prefere receber hoje. Afinal, qual o ganho que você tem em esperar um dia a mais para receber a mesma quantidade de dinheiro?

Assim, conclui-se empiricamente que o dinheiro tende a perder o valor ao longo do tempo (R$ 100,00 hoje valem mais do que R$ 100,00 amanhã).

Por outro lado, podemos alterar a pergunta da seguinte forma:

“Você prefere receber R$ 100,00 hoje ou R$ 110,00 amanhã?”

Aqui, eu não sei dizer o que você irá responder. Vai depender da sua interpretação. Você deve se perguntar: vale a pena eu ser remunerado em R$ 10,00 para esperar 1 dia para receber o dinheiro? Se você achar que vale, então é melhor mesmo esperar mais um dia e receber R$ 110,00. Caso contrário, é melhor receber R$ 100,00 hoje. Em todo caso, esses R$ 10,00 é uma compensação pelo tempo decorrido.

A essa compensação chamamos de JUROS.

O Juro então é uma compensação, indenização pelo tempo.

Se você pede dinheiro emprestado a alguém ou a alguma instituição, a ideia do juro é pacífica. Há vários fatores que motivam a ideia do juro. Veja:

1) quando você empresta um valor, você está abrindo mão de usá-lo. 2) quando você empresta, você não tem garantia de que a pessoa vai devolver o valor (risco de calote) 3) quando você empresta, você não sabe se a pessoa vai conseguir pagar no prazo combinado (risco de crédito) 4) quando você empresta, você não sabe como será o país no futuro (risco país) 5) quando você empresta, você não sabe as influências da inflação, valor da moeda, regimes políticos e econômicos (risco de mercado)

O Juro é uma compensação por tudo isso. Porém, não deixa de ser um ganho. Dessa forma, é necessário que haja um equilíbrio no juro para que valha a pena a pessoa pedir empréstimo a você (se seu juro for muito alto, você deixa de fazer o empréstimo e ganhar o juro) e o juro também deve te compensar dos possíveis prejuizos.

Através da ideia de juro, surgiram as várias estratégias de investimentos que permitem uma pessoa ter uma renda periódica que, quem sabe, pode vir a ser suficiente para viver.

Acompanhe minhas postagens sobre questões financeiras e reflexões neste blog. Não deixe de fazer seus comentários e pedidos!

Abraços.

Prof. Rivero. 

#juros #remuneração #empréstimos #mercado #riscos #juro

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Câmbio do Dólar

Boa noite! Eu vejo pessoas comentando altas coisas sobre a variação do dólar. Sendo simplista, porém didático, o valor da moeda real frente ao dólar (referência no mercado internacional) é decidido pe

ENTRE EM CONTATO

Telefone.png
whats 3.png

+55 (51) 4042-0092

+55 (51) 98488-8460

professor@mentesfinanceiras.com.br

  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

PREPARANDO MENTES FINANCEIRAS • Poto Alegre/RS -Brasil