Material escolar: a primeira lição do ano letivo!

Atualizado: Fev 8

Boa noite!

Como já comentei em posts anteriores, só vejo notícias por acaso. E, desta vez, foi quando minha esposa e eu fomos jantar fora. O restaurante raiz. Comemos o melhor Ala Minuta com carne vermelha disponível, saímos saciados e gastamos R$ 33,00 (juntos!).

Durante a refeição, uma TV, às minhas costas, estava passando o noticiário dos pais que já estão se preparando para comprar os materiais escolares das crianças. A Marlova que viu. E me contou.

A partir daí, comecei a refletir sobre como tirar proveito disso para trazer uma contribuição interessante para os meus leitores, que talvez estejam a passar por esse desafio. Vamos lá!

Em primeiro lugar, se o que eu recomendar for diferente do que recomenda a sua escola, siga a sua escola. A menos que você conclua que minha dica é melhor! Mas só vale se você analisar bem!

Outra coisa: antes de comprar, verifique o que você já tem, o que pode aproveitar do(s) filho(s) mais velhos ou até mesmo de parentes próximos que já concluíram os estudos!

Vamos lá:

1) caderno: se o caderno do ano passado ainda tem pelo menos 10 (dez) folhas em branco, oriente seus filhos a usarem o mesmo caderno até acabá-lo. Aí, sim, usar um novo. Ao comprar um caderno novo, dê preferência por cadernos de capa monocromática. São mais baratos do que cadernos com personagens.

1b) Melhor do que caderno: fichário. Aprendi com a minha ex-namorada Aline essa dica. Coloquei em prática quando iniciei minha primeira faculdade (Engenharia Eletrônica – não concluí). Comprar um fichário (que dura vários anos) e só ir comprando o kit com folhas. Vantagem: um refil de folhas custa muito menos do que qualquer caderno. Você só usa as folhas a medida que for necessário. E, mais ainda: elimina o estresse das divisórias por disciplinas.

2) lápis ou lapiseira. A lapiseira pode durar vários anos. O lápis, não. Porém, o lápis é mais barato. Se optar pela lapiseira, escolha o grafite 0.7 ou mesmo o 0.9. O refil é mais caro, mas o grafite é mais resistente: a chance de seu filho(a) quebrar na hora de escrever é pequena.

3) borracha: a mais barata, basta.

4) apontador: o mais barato, mas com “cestinho” para as cascas do lápis. Instrua seu filho(a) a limpar o cestinho do apontador quando tiver quase cheio.

5) caneta: na boa, a mais barata. Uma azul e uma preta. Ou duas azuis, ou duas pretas. Uma titular e uma reserva. Não escolher cores claras: perdem o propósito.

6) marca-texto: tom de amarelo. Contrasta bem com o papel e a tinta azul/preta da caneta.

7) estojo: se possível, mantenha o mesmo. E evite estojos de personagens. Custam mais caro. Aprenda: o estojo serve somente para uma coisa, que é guardar os itens acima (exceto o caderno/fichário, óbvio).

8) lápis de cor / canetinha: só se a escola pedir!

9) régua: escolha a de 30 centímetros. Consulte a escola para saber se o professor de matemática/artes precisará que o aluno tenha transferidor, compasso, folha quadriculada, mapas ou esquadro. Depende do conteúdo programado para o ano letivo, talvez tais itens não sejam necessários. Detalhe: régua é durável e ainda não houve mudança do tamanho do centímetro!

Comprar o material escolar, se possível, com um mês de antecedência (pode ser duas semanas, vai, mas nunca em cima do laço – lembre-se: alguns colégios iniciam as aulas antes – janeiro realmente é um bom mês para compras) e não levar a criança junto.

Livros didáticos: esses tem que ser da escola. Porém, se possível, adote livros não consumíveis. Faça campanha para as escolas criarem esse hábito. Existem matérias que são atualizadas a cada ano, como ciências e geografia. Porém, outras, são mais estáticas.

Se seu filho está, no mínimo, no quinto ano do EF, cobre da escola a adoção de apostilas dos professores, livros digitais ou salas de aulas virtuais com materiais para downloads. Muito mais útil do que livros didáticos em papel reimpressos a cada ano. Existem livros que são realmente necessários, mas vamos combinar que nem todos! A escola “manda”, mas você pode cobrar da escola uma postura mais avançada!

Livros paradidáticos de contos/poemas/crônicas: se o professor pedir para ler mais de um livro (e é bom que faça mesmo! rsrsr), você pode juntar-se com o pai/mãe de um amiguinho do seu filho. Cada um compra a metade dos livros e depois as crianças trocam. Se a relação de amizade e confiança cobrir três ou mais alunos, melhor ainda! Antes de comprar, verifique se você não pode conseguir emprestado ou em uma biblioteca (talvez, até na da escola).

Lembrando que xerocar livro para distribuir visando economizar dinheiro é crime! Da mesma forma é crime baixar livros ou PDF de livros da Internet, salvo versões digitais autorizadas pelo autor/editora/distribuidora. 

É permitido pela lei, porém, xerocar TRECHOS visando o estudo, em cópia única vedada a distribuição. 

O(a) criminoso(a) contribui para a pobreza cultural desencorajando que bons autores continuem escrevendo em Língua Portuguesa (ou, se escreverem, cobrarão caro!), pois aqui no Brasil quem é que vive exclusivamente como autor de livros??

Conforme a idade do seu filho, responsabilize-o pelo seu material. Estimule o empréstimo para o coleguinha, quando necessário (para desenvolver a generosidade). Todavia, cobre que ele pegue de volta, ou, senão, reponha da mesada (educação financeira e aprender a zelar pelo seu patrimônio).

Em tempo, não se deixe seduzir pela propaganda colorida. A ilusão não faz parte do repertório de quem quer independência financeira! E lembre-se: você tem a missão de educar o seu filho!

Muitos vão dizer que sou pão-duro … Ótimo, mas vivo de renda aos 39 anos e só trabalho porque quero. Então, faça você a sua escolha! 😉

Abraços.

Prof. Rivero.

#zelo #autoresponsabilidade #escola #economia #propaganda #educaçãofinanceira #materialescolar #cuidado #consumo #generosidade

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Barato ou caro?

Saudações a todos! Normalmente norteamos nossas decisões de consumo pelo preço. Aquele valor que a outra parte está te cobrando para fornecer o produto ou serviço. A lei que impera é: "conseguir o máx

Comprar e Investir

Boa tarde a todos! Tenho andado meio sumido, mas eu prefiro ser aquele que trás conteúdo mesmo que de forma espaçada do que aquele que publica todo dia alguma coisa só para dizer que publicou. E estou

ENTRE EM CONTATO

Telefone.png
whats 3.png

+55 (51) 4042-0092

+55 (51) 98488-8460

professor@mentesfinanceiras.com.br

  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

PREPARANDO MENTES FINANCEIRAS • Poto Alegre/RS -Brasil