O caráter do conselheiro

Atualizado: Fev 8

Bom dia!

Hoje meu post vai, talvez, dar um pouco de alfinetada em algumas pessoas. Mas penso que será necessário. É uma reflexão, na verdade. Minha intenção positiva é contribuir para um comportamento melhor.

O meu primeiro contato profissional com vendas foi aos 8-9 anos quando vendi bombons no bairro para a vó de um amigo meu de prédio. Mas depois disso foi quando fiz um curso de vendas de assinaturas de revistas. Apesar de ter aprendido técnicas de vender minha dignidade, teve um ensinamento que foi muito bom:

Se você oferece o produto da sua marca para seu prospecto, mas ele é consumidor da concorrência, nunca fale mal. Elogie o produto que ele escolheu até o momento.

Em investimentos, minha experiência revela que existe uma panelinha muito grande entre segmentos. Já fui cliente de uma corretora de investimentos que fala mal de criptomoedas, por exemplo. E apertando um pouco mais o profissional, conclui que ele não entende do assunto. Só queria defender seu peixe.

O profissional que precisa falar mal da concorrência para defender seu peixe é um amador, na verdade. Um amador que tem medo de perder seu negócio.

No ramo das criptomoedas, há também grupos panelinhas. Quem defende um projeto, costuma avacalhar o outro. A palavra “piramideiros” paira no ar nas discussões. Traders x Projetistas. Eu concordo que se deve combater as verdadeiras pirâmides (ou Esquema Ponzi), pois elas além de ser uma forma ilegal de lesar patrimônio alheio, criam uma imagem ruim de todos os grupos.

Muitas vezes pessoas chegaram a mim me falando de projetos que eu SEI que são pirâmides. Fico com dois corações: oriento (e acabo caindo no erro de “avacalhar” um projeto alheio) ou deixo quieto (e não educo a pessoa)?

Para evitar esse dilema, eu explico para as pessoas que existem projetos legítimos e pirâmides financeiras. Mais especificamente, compartilho os critérios que utilizo para a minha SUSPEITA DE PIRÂMIDE.

– promessas de ganhos fixos ou mesmo intervalares; – promessa de retorno de um capital fixo corrigido (o dobro, o triplo, etc); – necessidade de convidar pessoas para que você possa ganhar algo. Ou seja, se você não convida ninguém, você terá seus ganhos travados ou não existirão ganhos como um todo. – para entrar no projeto você precisa pagar uma taxa para quem te convidou. – projetos que, para sacar ou sair, você precisa obrigatoriamente chamar alguém para comprar teu saldo. – projetos que estimulem a criação dos grupos chamados “binário perfeito”. – projetos cujos criadores não aparecem e não se tem informações precisas sobre o histórico dessas pessoas. – projetos que não explicam os tipos de operações que fazem ou serviço que prestam. Não fica claro, daí, se o lucro vem de operações legítimas ou do ingresso de novos participantes (pirâmide).

Eu, Rivero, jamais participo/divulgo projetos que burlam nem que seja UM dos critérios acima

 Aí, uma pessoa conversa comigo e diz que “o projeto tá pagando, então vou participar”. Nesse caso, já percebo um desvio de caráter do sujeito, pois o que ele quer é ganhar. O resto que se dane. Se o dinheiro que lhe paga vem de novos participantes, ele não se importa. Esses caras eu considero as merecidas vítimas dos piramideiros de plantão.

Não tenho nada contra a participação em projetos sérios onde há operações legítimas que efetivamente acontecem e remuneram os participantes, mesmo que inclua bônus por indicação. Mas que tenha um projeto definido.

Não tenho nada contra a pessoa operar por conta própria.

Não tenho nada contra a pessoa investir em bancos ou por intermédios de corretoras.

Não tenho nada contra a pessoa “brincar na loteria”, desde que não confie nisso como sua tábua de salvação. Veja post relacionado!

O que eu tenho a favor apenas é o seguinte:

– busque conhecimento. – teste o profissional que está te atendendo. Não confie num corretor de investimentos ou em um gerente que não viva de renda passiva. – não participe de pirâmides financeiras. – desenvolva sua educação financeira com maturidade.

Abraços.

Prof. Rivero.

#esquemas #golpes #Ponzi #jogodeazar #projetos #criptomoedas #bitcoins #pirâmides

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Barato ou caro?

Saudações a todos! Normalmente norteamos nossas decisões de consumo pelo preço. Aquele valor que a outra parte está te cobrando para fornecer o produto ou serviço. A lei que impera é: "conseguir o máx

ENTRE EM CONTATO

Telefone.png
whats 3.png

+55 (51) 4042-0092

+55 (51) 98488-8460

professor@mentesfinanceiras.com.br

  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

PREPARANDO MENTES FINANCEIRAS • Poto Alegre/RS -Brasil