Sobrou um troquinho … e agora?

Atualizado: Fev 8

Bom dia!!

Começo agradecendo meu amigo Grellert pela sugestão de post! 🙂

Imagina aquela situação: você recebeu seu salário, pagou suas contas, resolveu suas dívidas passadas e, de quebra, sobrou ainda uns R$ 200,00.

Na Aula 3 do curso, eu faço uma análise sobre esse tema embasando-me em uma teoria da neurociência para explicar a tomada de decisão nesses casos, mas aqui neste post vamos supor que você queira começar a fazer seu pé de meia de investimentos. Em outras palavras, como começar a construção da sua renda passiva!

Pois bem, a primeira informação que eu tenho a te passar é a seguinte: VOCÊ PODE COMEÇAR COM QUALQUER VALOR MESMO QUE SEJA UM VALOR BAIXO.

Sim!! Não há obrigatoriedade de você ter muitos zeros na conta para COMEÇAR  a investir. É óbvio, porém, que valores baixos geram retornos baixos (não se iluda com esquemas milionários ou loterias).

Além disso, devemos pensar em objetivos e prazos. Mais em prazos. O objetivo serve para ilustrar. Você pode fazer um pé de meia, por exemplo, para uma viagem bacana nas suas próximas férias. Então, vale a pena pensar em objetivos de curto prazo (menos de 1 ano). Também, você pode pensar em aposentadoria (objetivo de longo prazo: 10 a 20 anos, talvez).

Depois, você tem que pensar na sua tolerância a riscos. Quanto maior o potencial de ganho, maior o risco. Quanto mais longo prazo for seu objetivo, mais espaço há para o risco.

Outro fator a considerar é também o IPCA, que é um índice utilizado pelo governo para definir a “inflação do período”. Inflação, nada mais é, que a desvalorização da moeda e a consequente necessidade de se juntar mais para comprar a mesma coisa. Em outras palavras, um aumento expressivo de preços.

Seu retorno de investimento será REAL se superar o IPCA. Se você investiu ao invés de comprar, mas seu investimento retornou 0,1% ao passo que a inflação foi de 0,2%, você tem mais moedas, mas tem menos poder de compra. Foi um mal investimento! Você não teve um ganho real, mas um ganho “aparente”.

Além disso, você deve considerar o prazo para saque. Investimentos “D + 0” são investimentos em que você pede o saque e, assim que o fizer, o dinheiro cai na conta. Se for “D + 5”, você deverá aguardar cinco dias ÚTEIS (bancários). D + 10 seriam dez dias úteis e assim por diante.

Em geral, investimentos com D + “numerão” são mais rentáveis. Afinal, quando você pede o saque, o gestor do investimento tem alguns dias para “trabalhar” com seu dinheiro. Porém, um investimento desse tipo, você deve se programar bem, pois não dá para contar com ele na emergência.

Ah, sim, mais um detalhe: LIQUIDEZ. Para você entender, pense na tradicional caderneta de poupança. Ela tem “data de aniversário” que é o dia do mês em que você fez um aporte (depósito). Se você sacar o valor antes do “aniversário mensal”, você não terá rendimento, pois a liquidez é mensal. Se o investimento tem liquidez DIÁRIA, então todos os dias rende um pouquinho.

Com base no dia de hoje (julho de 2019) e nas informações que passei acima, me sinto confortável em sugerir um investimento bem simples: ganho um pouco acima da inflação (6,5% ao ano em média – 100% do CDI para ser exato), D + 0, risco baixíssimo, proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até R$ 250.000,00 por CPF e liquidez diária.

O investimento que se enquadra no parágrafo anterior e que é de meu conhecimento prático é o RDB (Recibo de Depósito Bancário) do Nubank. Claro, apesar de ser D + 0, é recomendável deixar pelo menos 30 dias, pois há o IOF regressivo (em todas as aplicações financeiras tradicionais: não há como escapar).

Também já experimentei o Investimento Livre do Neon (Grupo Votorantim), que rende inicialmente 96% do CDI e pode subir até 101% do CDI.

Não estou dizendo que são as aplicações que mais rendem, mas sim duas sugestões para quem tem um troquinho que sobrou e quer começar o seu pé de meia.

Todavia, o mais inteligente a fazer é você contatar um Planejador Financeiro ou um Educador Financeiro para uma consultoria. Boa sorte!

Abraço do Prof. Rivero.

#investimentos #ipca #troco #prazos #liquidez #taxa #objetivos #cdi #riscos #prazo #inflação #capitalização

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Barato ou caro?

Saudações a todos! Normalmente norteamos nossas decisões de consumo pelo preço. Aquele valor que a outra parte está te cobrando para fornecer o produto ou serviço. A lei que impera é: "conseguir o máx

ENTRE EM CONTATO

Telefone.png
whats 3.png

+55 (51) 4042-0092

+55 (51) 98488-8460

professor@mentesfinanceiras.com.br

  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

PREPARANDO MENTES FINANCEIRAS • Poto Alegre/RS -Brasil